0800 007 0677

Blog

Cimento queimado: como usar na sua decoração?

30/01/2020 0

Nem sempre podemos nos dar ao luxo de, no decorrer de uma reforma ou decoração, não nos preocuparmos com a parte financeira que a envolve. Sabemos que decorar ou reformar um ambiente muitas vezes sai caro e nem sempre temos dinheiro suficiente para dar seguimento nesse projeto, sendo assim, deixamos de lado aquela vontade de transformar o ambiente onde vivemos ou trabalhamos por questões exclusivamente financeiras.

 

Ora, mas será mesmo que devemos desistir de tais vontades somente por não termos suporte financeiro para isso? Temos a vontade, temos o ímpeto de decorar ou reformar, temos o ambiente para isso, mas o que nos falta talvez seja a criatividade, e é aí que o tão falado cimento queimado entra em cena.

 

Primeiramente, apesar de levar o nome de cimento queimado, o processo de fazê-lo em nenhum momento envolve fogo nem nada de pirotecnia. O processo é bem simples na verdade, e iremos precisar de simplesmente cimento, areia e água. Depois de escolhida a superfície onde aplicaremos o processo, devemos deixá-la bem nivelada, e, posteriormente, aplicarmos essa mistura sempre com cuidado, a fim de deixá-la mais plana possível.

 

Leia também: Como resolver problemas com goteira?

 

E é agora que a “magia” acontece. Depois de nivelada, com a argamassa e a mistura ainda úmida e mole, jogaremos pó de cimento seco por toda a superfície escolhida, e com a ajuda de uma desempenadeira espalharemos o pó. Depois do processo feito, é só aguardar a secagem da superfície, e então teremos um ambiente diferenciado, sendo ao mesmo tempo rústico e moderno.

 

Como vocês puderam ver, a aplicação do cimento queimado é simples e fácil, sem falar dos inúmeros benefícios e formas de aplicação que ele pode agregar a sua obra.

Iremos agora enumerar alguns pontos positivos e negativos da aplicação do produto:

 

Vantagens do cimento queimado

#1 O baixo custo: Para a aplicação do processo no m² gastamos na média de R$15,00 à R$25,00. Valores bem inferiores quando comparados a vários outros métodos de reforma ou decoração;

#2 A aparência: Com a aplicação do produto, o ambiente em questão ganha um “tom” mais rústico e diferenciado, algo que está bastante na moda atualmente;

#3 Sua versatilidade: O cimento queimado pode (e deve) ser utilizado nos mais diferentes tipos de ambientes, sejam eles externos ou internos;

#4 Facilidade de aplicação: Como explicado acima, a aplicação do produto é bem simples, e, inclusive, pode ser aplicado também sobre pisos já instalados;

#5 Combinações: A combinação de cimento queimado e madeira, por exemplo, traz um aspecto mais contemporâneo ao ambiente. Se você gosta de ambientes com cores mais vibrantes, aposte em pinturas quentes, quadros e itens decorativos para combinar com o processo. Já se você gosta de ambientes mais intimistas, o cimento queimado é perfeito quando combinado com tons sóbrios e neutros.

 

Leia também: 5 dicas para economizar na reforma

 

Desvantagens do cimento queimado

Nem tudo na aplicação do cimento queimado é perfeito, existem alguns pontos que merecem nossa atenção e análise:

#1 Quando molhado, o produto acaba se tornando escorregadio, devendo assim tomar bastante cuidado na hora de limpá-lo;

#2 A superfície onde o produto está aplicado pode se tornar porosa, podendo assim absorver partículas de sujeiras e líquidos, caso não seja impermeabilizada;

#3 Com o tempo algumas trincas e manchas podem surgir na superfície do produto. Algo que é totalmente normal, sendo que esses “probleminhas” podem ter sua incidência minimizada se a superfície usada for envernizada logo após sua secagem;

#4 Caso não seja aplicado da maneira correta, o produto pode acabar ficando pouco uniforme.

 

Leia também: Casa na praia: quais cuidados tomar? 

 

Agora que enumeramos alguns pontos positivos e negativos do produto, seria interessante analisarmos os locais onde podemos aplicá-lo:

 

• Piso de Cimento Queimado

Sendo essa a aplicação mais comum do produto, é ideal para um ambiente ao mesmo tempo rústico e moderno. É uma opção muito mais barata que a maioria dos porcelanatos, custando cerca de R$ 20,00 o m². Isso sem falar que não é preciso nenhum rejunte no piso.

 

• Parede de Cimento Queimado

Na parede, ao invés de usarmos papéis de parede ou outras texturas, a utilização do produto é uma belíssima aposta, tornado o ambiente um elemento surpresa bastante diferenciado.

 

• Bancadas, colunas, nichos e detalhes

Vamos supor que você está com um certo receio de aplicar o produto em um ambiente por completo e gostaria de fazer alguns testes ou experimentos antes. Pois bem, o cimento queimado cai muito bem quando usado para revestir uma coluna ou entorno de uma churrasqueira por exemplo, além de substituir com maestria aquela bancada de granito que já conhecemos.

 

• E as variações de Cimento Queimado? Existem outras cores para o produto?

A resposta é sim, existem várias variações de cores para o cimento queimado. Caso você queira diferenciar e sair do aspecto de reboco puro, você pode usar uma tonalidade mais clara, quase na cor branca, e para isso, usa-se pó de mármore ou granito, e claro, ter um bom profissional para fazer a aplicação será necessário. Já se você quiser ser mais radical ainda, terá de usar um pó específico para criar tonalidades e cores mais quentes e vibrantes, como vermelho, amarelo, ou cores mais frias como o azul.

 

Como vimos, os benefícios e formas de utilização do cimento queimado são inúmeros. O custo-benefício é excelente, a facilidade de sua aplicação é enorme, além da versatilidade com que ele se adequa e encaixa nos mais diversos tipos de ambiente. Existem contrapontos, mas, sem dúvidas essa é uma possibilidade que sempre deve ser levada em conta.

Lembre-se: se estiver com receio de aplicar o produto em uma superfície grande, comece aplicando-o em detalhes, bancadas, colunas etc. Assim você irá se acostumar com produto em seu ambiente e, garanto, irá adorar o resultado. 

 

E aí, gostou das dicas? Compartilhe o blog com os amigos!

 

Precisa de um profissional para aplicar o cimento queimado? CLIQUE AQUI e conte com a equipe especializada da Help Home para te ajudar!

 

Leia também:

Quanto custa reformar um apartamento?

5 maneiras de deixar sua casa sustentável

Qual a melhor tinta para sua reforma?

Deixe seu comentário

4 Aplicativos que ajudam na reforma

Medir a área da reforma, escolher a cor certa para a parede e planejar o valor gasto em materiais. Com a ajuda do seu celular agora você pode agilizar e planejar melhor essas etapas específicas da reforma ou construção.

Saiba mais

7 Opções de crédito para construir ou reformar

No Brasil existem algumas boas opções de crédito para construção e reforma. Confira no nosso blog algumas opções que consideramos mais benéficas para você!

Saiba mais

5 dicas para economizar na reforma

Para grande parte dos brasileiros as reformas residenciais podem ser sinônimo de dor de cabeça. Isso porque muitas vezes elas acabam saindo caras e demorando mais tempo que o esperado. Mas não precisa ser assim, né? 

Para garantir que esse momento seja tão prazeroso quanto ver o resultado da casa pronta, reunimos algumas dicas essenciais para que você reforme o seu lar sem transtornos e sem estourar o orçamento!

Saiba mais